Início

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Igreja no Paquistão imprimirá 30 mil livros com a oração do Terço em urdo graças à fundação AIS


Com o fim de promover a oração do Santo Terço entre os fiéis católicos do Paquistão, a Conferência Episcopal desse país pediu à Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que subvencione a impressão de 30 mil exemplares do livro ilustrado da oração em sua língua nacional, urdu.

Com esta impressão, os bispos querem difundir a oração do Terço nas casas e nas paróquias do país onde vivem mais de 1.2 milhões de católicos em uma população de 180 milhões de habitantes, sendo a maioria muçulmana. Alguns deles, inclusive, veneram à Virgem Maria.

A fundação AIS subvencionará com 8.600 mil euros em resposta ao pedido dos Bispos, que promovem a devoção Mariana, em um país onde os católicos por ser minoria, são marginados e são vítimas de frequentes ataques violentos.

Além disso, sendo o Paquistão um país onde a mulher vive oprimida, e a sua função no lar é vista como relevante, para os cristãos a devoção à Virgem Maria cumpre uma função importante em sua vida de fé. Como diz um dito popular paquistanês "o paraíso está aos pés da mãe".

O sacerdote da Diocese de Faisalabad, Emmanuel Parvez de Pansara, disse à AIS que "Maria como Mãe se ocupa amorosamente de seus protegidos. Todos vão à Mãe de Deus, sobretudo, os que estão tristes ou doentes e os que têm problemas".

Adicionou também que "a Ela acodem muitas mulheres sem filhos que desejam ser mães. Outros fiéis levam a Ela os seus filhos pequenos, colocam-nos aos seus pés e pedem à Virgem: ‘Cuida do meu filho como cuidaste do Menino Jesus’".

No Paquistão, todas as Igrejas têm uma gruta dedicada a Maria, onde ao final de cada missa se reúnem muitos fiéis para rezar.





Fonte: ACI Digital





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...